Cidade Invisível

0
390
nova série brasileira da Netflix reúne mistério, drama e o folclore

Mistério. Suspense. Bom elenco. Roteiro instigante.
Esses são alguns ingredientes necessários para uma obra audiovisual funcionar bem perante o público que reverencia este tipo de história. A Netflix está prometendo tudo isso e mais um pouco para o espectador com sua próxima estreia, “Cidade Invisível”, produção brasileira que tem lançamento em 5 de fevereiro, uma sexta-feira.
Desta página do caderno de receitas de histórias nacionais, a Netflix conta com Carlos Saldanha como criador, o diretor das conhecidas animações “A Era do Gelo”, “Rio” e “O Touro Ferdinando”. No elenco, nomes de sucesso como Marco Pigossi e Alessandra Negrini, mas as boas notícias não param por aí.
Lembra dos ingredientes citados no início? Então, eles estão muito presentes na nova série do streaming e tudo de uma maneira tão brasileira quanto todos nós. Essa presença se dá através do nosso Folclore.
É isso mesmo, pelo que se pode ver no trailer de lançamento, o personagem de Pigossi é um detetive que vive atormentado pelas investigações de um assassinato e acaba se envolvendo numa batalha entre o mundo visível e um reino subterrâneo habitado pelos personagens folclóricos.
Nas cenas já disponíveis, vemos uma Alessandra Negrini tão boa numa sequência misteriosa e um Marco Pigossi dando show de atuação em ângulos que nos permitem ficar com os olhos bem atentos.
Com uma temporada já gravada em oito episódios, a continuação ainda não é dada como certa, mas o que todos já podem ter certeza é que a internet ficou enlouquecida com as primeiras cenas liberadas.
No trailer é possível ver boas doses dos principais ingredientes, muito mistério endossado com ângulos que deixam um suspense no ar e o roteiro muito bem amarrado, com desenvolvimento de Carolina Munhóz e Raphael Draccon e tendo como roteirista-chefe Mirna Nogueira. A fotografia que nos é entregue no trailer mostra que as cores, muito bem pensadas, estão de acordo com o mistério proposto e os atores estão em sincronia com a proposta. A direção geral está a cargo de Luís Carone.

Em tempo
Sempre há tempo para comentar boas produções, principalmente quando elas são brasileiras. Por falar no futuro lançamento de ‘Cidade Invisível’, vale a pena relembrar que a Netflix tem em seu catálogo, dentre outras, duas séries brasileiras muito bem produzidas e elogiadas pelo público e crítica, como ‘Coisa Mais Linda’, que traz em seu elenco Fernanda Vasconsellos, Pathy de Jesus e Maria Casadevall e ‘Bom dia, Verônica’, com Thainá Muller, Eduardo Moscovis e Camila Morgado.
Essas duas ficam no topo e fizeram aumentar as expectativas para a nova que vem chegando.

Publicado na edição nº 10546, 16 a 19 de janeiro de 2021.