Entrevista concedida por Ana Canhoto ao Sobrevoo, logo após a final do The Voice Brasil

0
96
Emoção - Ana Canhoto interpreta a canção Velha Infância, dos Tribalistas, na final do The Voice. (Divulgação/The Voice Brasil)

Com apresentações memoráveis, de encantar os especialistas mais exigentes, Ana Canhoto também mobilizou a população da cidade, que no final da tarde de quinta, poucas horas antes de sua última participação no The Voice, promoveu carreata pelas principais ruas, lembrando ao povo de votar.
Não foi desta vez, Ana não levou o prêmio principal, mas mostrou todo seu potencial, que certamente lhe garantirão permanência na carreira de cantora. Parabéns Ana Canhoto.

Sobrevoo – O que representou para você participar do The Voice Brasil?
Ana Canhoto – Participar do The Voice Brasil com certeza foi o maior salto da minha carreira, onde consegui visibilidade e me superei em todos os aspectos.

Sobrevoo – Foi justa a premiação?
Ana Canhoto – Com certeza foi justíssimo. Todos os finalistas estavam ali por merecimento e lutaram muito para chegar até ali. Estou muito feliz, pois tenho um carinho especial por todos eles!

Sobrevoo – Qual passagem foi a mais emocionante?
Ana Canhoto – A mais emocionante foi a semifinal, onde eu já pensava que iria sair e passei com 0,2% de diferença dos pontos. Foi muito incrível!

Sobrevoo – Quais são seus planos daqui pra frente? O que vai mudar no seu dia a dia?
Ana Canhoto – Acredito que agora tudo muda. O The Voice foi um marco na minha vida. Quero continuar seguindo minha carreira e investir muito nisso.

Em frente a Gazeta – Carreata dos fãs de Ana passaram defronte à sede onde trabalha o marido de Ana, Héron Soares. (Gazeta)

 

(Gazeta)

Mais detalhes
A reinauguração das escolas municipais revitalizadas continuou nesta semana. Agora foi a vez da Emei Margarida Domingos, onde os detalhes também fazem a diferença. A vice diretora da unidade Ana Silvia, que foi secretária de Educação no 1º mandato de Galvão, visivelmente emocionada, agradeceu com palavras de carinho a cada um dos responsáveis pela Educação, especialmente a Galvão e Aline. Bonito de ouvir, fácil de aplaudir.

 

(Divulgação)

Pronto restabelecer
Lucia Michelon, grande amiga, sofreu um acidente de bicicleta e precisou submeter-se a duas cirurgias nos membros superiores. Passa bem, mas queremos com toda ênfase, desejar que esse susto passe logo e que ela possa voltar às suas atividades, que não são poucas. Abraço Lúcia! Na foto, em entrevista na RBFM com cobertura da Gazeta.

 

(Gazeta)

Endosso
O Memorial da Gazeta recebeu nesta semana, a visita ilustre do presidente executivo da Credicitrus, Walmir Segatto, acompanhado da assessora de imprensa da cooperativa de crédito Elaine Dias. Foi um grande prazer recebê-los.

 

Frase da semana:

“Depois da guerra, voltando os olhos para o passado, vejo que viemos por caminhos tortuosos, mas vejo que, se tiver amor, a salvação vem naturalmente”.

Chieco Nishimura , esposa do fundador do Grupo Jacto, Shunji Nishimura, sua companheira de tantas décadas. Esta frase ilustra o cartão de Natal e Ano Novo do grupo, assinado por seu filho Chicao Nishimura, enviado a Gazeta.

 

Paz e amor
Quem te viu, quem te vê. O vereador reeleito Chanel resolveu absorver a capa da paz e do amor no relacionamento com seus pares e tem procurado demonstrar boa vontade no diálogo. Mas quem o conhece verdadeiramente, classifica a fase “anjo” como oportunista.

Diplomação
Chamou atenção nos discursos da diplomação dos eleitos, o do promotor eleitoral Herbert Oliveira, ao referir-se ao novo prefeito Lucas Seren, como herdeiro de bons princípios e valores que farão com que exerça sua função à altura das maiores expectativas. E também, ao dirigir-se aos vereadores, aconselhou-os a não deixarem que suas funções se apequenem, que seria como a sociedade vê o legislativo, hoje.

Talentos do Brasil
Monitoramento de aeroportos por satélites durante a pandemia vence concurso promovido pela Agência Espacial Europeia (ESA) e a equipe vencedora conta com pesquisadores da Unicamp e da Universidade Federal do Paraná. Allan da Silva Pinto, pós-doutorando da Unicamp, Rodrigo Minetto, da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR) e Ricardo da Silva Torres, professor licenciado da Unicamp, atualmente na Universidade de Ciência e Tecnologia da Noruega (NTNU), fazem parte da equipe. Desde o início da pandemia, a Agência Espacial Europeia criou uma plataforma para o desenvolvimento de ferramentas que auxiliassem a comunidade no monitoramento dos efeitos relacionados à pandemia e em colaboração com a Comissão Europeia, lançou uma competição com a proposta de que pesquisadores de todo mundo pudessem fornecer métodos que pudessem ser utilizados como novos indicadores de atividades econômicas e humanas para auxiliar nas tomadas de decisões relacionadas às estratégias de lockdown.

Viva a liberdade
Relatório produzido pela agência BR+ Comunicação classificou jornalistas como “detratores”, “neutros informativos” e “favoráveis”, de acordo com suas postagens sobre o Ministério da Economia e o ministro Paulo Guedes. O ministério informou ter pago R$ 36.343,00 pelo “Mapa de influenciadores”, que orienta o governo a lidar com os comunicadores, com medidas que vão de esclarecimentos ao “monitoramento preventivo”. Vera Magalhães, âncora do programa Roda Viva da TV Cultura é uma dos jornalistas classificada como “detratora”.

PV se manifesta
O partido entrou com ação argumentando que o monitoramento causa “grave lesão ao preceito da liberdade de expressão, da manifestação do pensamento e do livre exercício profissional” e relata que, diante de indícios de desvio de finalidade na contratação de empresa privada, com verba pública, para essa finalidade, o Ministério Público solicitou que o Tribunal de Contas da União (TCU) apure se a medida atende ao interesse público. Não há democracia sem liberdade de expressão.

Natal artesanal continua
Depois da iniciativa da semana passada, a Associação de Artesãos Bebedouro das Artes, através de sua presidente Maria do Carmo Paro, enviou ofício a Gazeta, repetindo a dose. A partir do domingo (18) até quarta (23), em novo horário, das 17 às 22h, na praça do Museu, haverá Feira de Artesanato, visando atender as demandas de Natal. E completando o prazer das compras, haverá food trucks e música ao vivo.

Contra a poluição
A Ambev lança projeto ambicioso de que até 2025 vai zerar a poluição de suas embalagens plásticas. Lançada este ano, a empresa diz ter alcançado 30% de sua meta e que em cinco anos, embora o caminho seja longo, promete alcançá-lo. A responsabilidade ambiental começa a fazer parte do marketing das marcas brasileira. Ponto para o Brasil.

 

Publicado na edição nº 10543, de 19 a 23 de dezembro de 2020.