Liderança

0
158
(Divulgação)

Bebedouro apresenta-se como cidade sede do Codevar e recebe prefeitos eleitos e reeleitos de 20 cidades da região, tendo como anfitrião, o presidente do consórcio, Fernando Galvão. Com encontro no Bebedouro Clube, o empresário José Francisco dos Santos ocupou o microfone para dar boas vindas aos recém eleitos, desejando que façam uma boa gestão à frente de suas comunidades.

(Divulgação)

 

(Arquivo pessoal)

Festa
O irmão caçula fazendo aniversário é como se toda a família quisesse mesmo comemorar. Em meio à pandemia e respeitando à risca as recomendações, minha homenagem vai por aqui, com esta foto recebida da Eda Campi, com a recomendação “Favor entregar para o Gão”. Resolvi entregá-la por aqui, e ainda “de quebra”, com a recordação do Dudu ainda menino, hoje um homem. Parabéns Gão, orgulho do cidadão íntegro, honrado e exemplar que você se confirmou, sem arredar o pé.

 

(Gazeta)

Leitura
Sugerimos ao vereador eleito Paulo Bianchini, em entrevista a Gazeta, que sua memória poderia ser estimulada, com a leitura de nossos arquivos, depois dele afirmar que a ‘Operação Cartas Marcadas’ foi uma armação e que o Centro do Caminhoneiro não se instalou aqui porque o prefeito atual não quis. Oportuna amnésia para acompanhar a cidade sem memória.

 

Frase da semana:

“O mundo nos deu aviso. Espero que saibamos aprender a lição, aproveitando este recomeço para mudar nosso comportamento em relação à vida, adotando uma nova hierarquia de valores”.

Andrea Bocelli, 62, em entrevista a revista Veja, sobre o ano difícil de enfrentamento à pandemia.

 

Passado recente
A quem interessa uma cidade sem memória? Ou um país sem história?
Assistimos constantemente pessoas desprezarem fatos e suas consequências, em total descaso com a verdade ou com a história. O problema de não se cuidar, enquanto cidade, dos fatos ocorridos, e nem estamos falando de tempos tão longínquos, é vermos perpetuarem-se os erros e seus atores.

Passado recente 2
Nas eleições deste 15 de novembro, vimos uma aliança que de tão inusitada, parecia saída da ficção. Hélio Bastos esqueceu todas as ações sofridas e praticadas por seu rival político Edne Piffer, que lhe renderam até problemas de saúde, para apoiar o filho deste, como candidato a prefeito.
Quem presenciou ou teve notícia da beligerância entre os dois políticos no passado, não bota fé no que virou…

Passado recente 3
A última crise de amnésia que presenciei foi nesta semana, ao receber o recém eleito vereador Paulo Bianchini, na Gazeta para uma entrevista. Em total dissonância com a realidade, Bianchini nos afirmou com toda ênfase que a “Operação Cartas Marcadas” foi “uma armação” para tirar Italiano do poder, orquestrada pelo “atual prefeito”. Isto mesmo, foi esta a frase. Garantida a réplica aos jornalistas, que unânimes citaram fatos e lembraram-lhe da prefeitura cercada pela PF com vários diretores presos temporariamente, das ações que ainda tramitam na justiça e que certamente impedem Italiano de candidatar-se até hoje, a qualquer cargo eletivo. O irmão conta de um lado, com a falta de memória do povo, e de outro, com a justiça que garante a impunidade na medida que insiste em tardar suas conclusões e vereditos.

Passado recente 4
Só uma cidade sem memória pode acompanhar a fala de Bianchini sobre a Fetrabens e achar que o Centro do Caminhoneiro não se instalou em Bebedouro porque o prefeito eleito pós Italiano não quis. Sugeri a Bianchini que refrescasse sua memória lendo as Gazetas da época, que constam de nossos arquivos, e coloquei-as à sua disposição. Ele preteriu do convite. E quando o próprio político é o propagador da falsa informação, o que se colhe não é bom fruto.
É o descaso com a memória, inclusive a recente, que faz a sociedade cometer os mesmos erros. E qual o papel da imprensa? Lembrar, rememorar, trazer de volta à tona cenas do passado, com fatos, consequências e suas várias nuances. A Gazeta de Bebedouro está a postos através de seus arquivos para assumir a preservação dos memoriais de Bebedouro. Errar é humano, mas persistir neles é burrice.

Disciplina
Adotando uma solução básica, talvez possamos descontinuar malfeitos. Com a adoção de disciplina, aquela de padrões, procedimentos e diretrizes, e respeitando rotinas, a chance de errar é muito menor. Precisamos deixar de agir com a síndrome do touro, que é aquela em que se pensa com o coração e arremete com a cabeça.
O grau civilizatório brasileiro atual ainda é mediano, não somos uma sociedade racional, o que nos guia é a emoção, tomamos partido em tudo e agimos com o coração e não com a cabeça. Levando-se esta análise em consideração, se dá a defesa de um irmão por outro irmão. Só isso explica o indefensável.

Fique sabendo
A 13ª edição da Campanha ’Fique Sabendo’ acontece até segunda (7), das 8h às 16h, em todas as ESFs (Estratégia de Saúde da Família), disponibilizando testes para HIV, sífilis e hepatites virais. Em casos positivos para quaisquer destas doenças, oferece-se tratamento imediato.

Sem mas com
Mesmo não havendo sessão, a Câmara foi palco de outro capítulo envolvido em polêmica. Desta vez, um servidor concursado da Casa usou sua página no Facebook para denunciar ocorrências nos bastidores do Legislativo, chamando sua postagem de ’Caixa de Pandora’.

Com mas sem
Mesmo o denunciante tendo aval de seus companheiros concursados, Chanel não hesitou em procurar a justiça para fazer B.O. contra o servidor, sem pensar nas consequências de seu ato. Agora, é aguardar o próximo capítulo. O clima é de guerra declarada, com Manifesto e tudo.

Profissionais do Direito
Neste domingo (6), será realizada a 2ª fase da prova prático-profissional do Exame da OAB. Na região haverá aplicação do exame em Barretos e Ribeirão. Depois de quatro adiamentos por causa da pandemia, a decisão foi por realizá-la com regras de isolamento e condições sanitárias pré-estabelecidas. Os candidatos podem optar pelo não comparecimento sem qualquer prejuízo e estarão automaticamente inscritos para a próxima prova de 2021. O advogado bebedourense Mario Ribeiro é o presidente da Comissão Estadual de Exame da Ordem e membro da Comissão Nacional.

 

Publicado na edição nº 10539, de 5 a 8 de dezembro de 2020.