Neste sábado, tem vacinação para idosos e profissionais da Educação

Idosos de 73 e 74 anos recebem a segunda dose contra a Covid-19, no período da manhã. Já à tarde, das 12h às 17h, será a vez das pessoas com 47 anos ou mais da Educação. Na segunda (12), o drive-thru para 72 anos.

0
66
Nova etapa – Estado dá início, neste sábado (10), a imunização dos profissionais de Educação, que precisam apresentar documentação com QR Code

A Secretaria Municipal de Saúde imuniza, neste sábado (10), com a segunda dose da vacina contra a Covid-19, idosos de 73 e 74 anos. Pelo sistema drive-thru, das 7h30 às 9h30, no Sambódromo Municipal, será a vez dos idosos de 74 anos receberem o imunizante. Já os idosos de 73 anos, devem procurar o local das 9h30 às 11h30.

Na segunda-feira (12), das 8h às 11h, o drive-thru será para que os idosos de 72 anos recebam a segunda dose do imunizante do Instituto Butantan.

De acordo com a Secretaria de Saúde, para receber a segunda dose do imunizante, é necessário que o idoso apresente o comprovante da 1º dose da vacinação contra a Covid-19.

“A partir de terça-feira (13), atenderemos os idosos de 68 anos que não conseguiram comparecer ao Sambódromo, na semana passada. Estas pessoas devem procurar a Vigilância Epidemiológica, no complexo do Hospital Municipal Julia Pinto Caldeira, a partir das 9h”, explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Thais Teixeira.

Na quarta-feira (14), data anunciada anteriormente pelo governo estadual, acontecerá a vacinação dos idosos com 67 anos, em sistema drive-thru, das 8h às 11h, com doses da vacina Astrazeneca. Entretanto, na sexta-feira (9), o vice-governador Rodrigo Garcia, em coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes, antecipou a imunização deste público para segunda (12), não acatado por Bebedouro.

“Até o momento, não recebemos as doses destinadas a este público e estamos aguardando posicionamento da DRS (Diretoria Regional de Saúde de Barretos)”, afirma Teixeira.
Será obrigatório aos idosos de 67 anos que receberão a primeira dose, a apresentação do formulário preenchido, para diminuir as filas e o tempo de espera no drive-thru, disponível nas unidades de saúdes.

Profissionais de Educação

Seguindo orientação do governo estadual, a Vigilância Epidemiológica antecipa para este sábado (10), a vacinação dos profissionais que atuam na educação básica bebedourense. As pessoas com 47 anos ou mais serão vacinadas, das 12h às 15h, no Sambódromo Municipal.

“A vacinação não será pelo sistema drive-thru. Os profissionais devem estacionar seus veículos e ir até a tenda de imunização. Lembrando que estas pessoas precisam levar a documentação, liberada pela Secretaria Estadual de Educação, contendo o QR Code, para receberem a vacina. Sem este cadastro não podemos vaciná-los”, informa a coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Segundo o secretário Municipal de Educação, Hélio Souza, o cadastro é obrigatório. “Vamos imunizar professores, merendeiras, auxiliares, serviços gerais, cuidadores e todos os profissionais que estão trabalhando diretamente com os alunos. É necessário apresentar documentos pessoais e os últimos dois holerites para comprovar o vínculo empregatício”.

Os profissionais devem realizar o cadastro no site https://vacinaja.educacao.sp.gov.br, com número do CPF, nome completo e e-mail. Após confirmar os dados pessoais e apontar nome da escola, rede de ensino, município e cargo ocupado será necessário anexar os holerites dos meses de fevereiro e março. O cadastro passará por processo de análise e, se validado, receberá por e-mail o comprovante VacinaJá Educação, contendo QR Code para verificação de autenticidade.

“Quem não conseguir comparecer, neste sábado (10), ao Sambódromo, poderá procurar a Vigilância Epidemiológica, a partir de segunda (12), das 14h às 17h”, orienta Thaís Teixeira.

Influenza

A Vigilância Epidemiológica também dará início, na segunda-feira (12), à Campanha de Vacinação contra Gripe.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, as unidades de saúde estão preparadas para aplicar as doses nos grupos prioritários e conduzir, simultaneamente, a campanha contra Covid-19. “É fundamental que quem foi ou for vacinado contra o coronavírus priorize este imunizante e respeite o intervalo mínimo de 14 dias para depois se vacinar contra o vírus Influenza, causador da gripe”, explica a diretora de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde, Núbia Araújo.

O cronograma da campanha é composto por três etapas que se estenderão até 9 de julho. Neste momento, a vacinação será para trabalhadores da Saúde, gestantes, puérperas e crianças com idade a partir de 6 meses até cinco anos completos.

“Os profissionais da saúde que trabalham nos hospitais da cidade, Municipal, Estadual e da Unimed, serão vacinados in loco. Já os demais profissionais da área devem procurar as unidades de saúde, assim como as crianças, gestantes e puérperas”, enfatiza Teixeira, completando: “Porém, a vacina veio fracionada e recebemos apenas 2.800 doses, quantidade pequena para Bebedouro. Como a orientação é vacinar primeiro a linha de frente, que está nos hospitais, faltarão doses, mas chegarão mais até quarta-feira (14) e estaremos repondo os postos. Teremos vacinas para todas as pessoas, só peço um pouco de paciência que novos lotes chegarão. Fiquem calmos e tranquilos”, pede a coordenadora da Vigilância.

Publicado na edição 10.569, de 10 a 13 de abril de 2021.