Parceria

0
417

A RB e a Gazeta entrevistaram na manhã de sexta (12), Everton Zen, gestor do Hospital Estadual Regional de Bebedouro. Sem rodeios e sem travas, o cenário dos atendimentos à Covid na saúde pública foram apresentados por Zen. E é, sem dúvida, o pior momento que Bebedouro já viveu, desde o início da pandemia. #nãosaiadecasa.

Força e leveza.
Na Gazeta, o comandante Padovan e a sub Simone indicam que atributos contrastantes podem e devem conviver em harmonia. No Memorial também mostraram grande interesse por nossa história.

Grande…
… homem e advogado e ser humano da maior e melhor relevância fez aniversário nesta semana. Uma grande oportunidade para homenagear Joaquim Reis Martins Cruz, que rodeado apenas por pequena parte da família, comemorou em isolamento. Parabéns cunhado-irmão.

Frase da semana

“Um Murphy (aquele da Lei de Murphy) brasileiro diria: O Brasil já tinha Bolsonaro e uma pandemia capaz de dizimar a população. Era preciso tomar uma providência. Tomou. Agora tem a pandemia, Bolsonaro e Lula”.

Ruy Castro, jornalista, escritor e cronista da Folha de São Paulo.

Trégua
A sessão da Câmara de segunda (8), Dia da Mulher, foi pautada por vídeos, poemas, palavras de ordem… para homenagear as mulheres. Todos os vereadores deram uma trégua ao seus pleitos para celebrar o dia. Como muito cética em relação a homenagens por este dia, pergunto se não seria melhor em vez de comemoração, parar para refletir sobre uma nova maneira de agir.

Nem tão trégua assim
A vereadora Ivanete Xavier (PSDB) continua acreditando que propor votação de requerimentos pode magicamente representar avanços ou engajamento. E assim fez com os Esportes. Valeu até um ‘pito’ no presidente Jorge Cardoso, por não ter lido todas as 15 perguntas endereçadas ao departamento esportivo. Vale lembrar que os vereadores têm acesso aos requerimentos em sua íntegra, mas para efeito de sessão, só é lida a pauta do dia. A vereadora não se contentou e exigiu dar publicidade ao seu extenso requerimento.

E tem mais
De sessão em sessão, de requerimento em requerimento, a vereadora segue pedindo informações, sem que se tenha a mínima ideia do que fará com elas. Também a Educação foi foco de outro requerimento com mais 11 perguntas, que vão da quantidade de escolas e alunos, às suas localizações e número de professores. Novamente reitero, quanta perda de tempo vereadora Ivanete. Pesquise a senhora mesma para conhecer melhor a cidade que a elegeu como representante no legislativo.

Nem tão trégua assim 2
O vereador Chanel (SD) parece que também aderiu aos requerimentos e seu alvo foi o departamento de Obras e os problemas na Lourenço Santin, que sofreu drasticamente com as chuvas do fim de semana passado (6 e 7). Alegando que a prefeitura retém o recurso em caixa ao invés de solucioná-los, seu discurso na defesa do requerimento teve voz destemperada e meias palavras, deixando sempre no ar que sabe mais do que fala.

Nem tão trégua assim 3
Já o vereador Vagner Souza foi à tribuna reclamar da resposta ao seu requerimento à Saúde, dizendo-se indignado porque aquela secretaria o orientou a consultar o site VaciVida, que necessita de login e senha para ser acessado. O vereador quer porque quer os nomes dos vacinados na cidade. Isso mesmo, o vereador quer ter acesso às identidades dos imunizados.

Também teve negacionismo
Ainda a vereadora Ivanete Xavier apresentou projeto de lei que ampliaria lista de setores essenciais a estarem livres das restrições por causa da pandemia. Considerado inconstitucional pelas Comissões da Casa, o projeto foi descartado. Exatamente agora, que a cidade vive seu pior momento em relação à transmissão do vírus e ao tratamento da Covid, a vereadora sustenta que quer resguardar direitos. Sim vereadora, temos obrigação de resguardar o direito mais sagrado de todos, o direito à vida. Esta proposta não poderia vir em pior hora. Mas como reza a lenda, nada está tão ruim que não possa piorar.

Salvos por Lão
O vereador Leandro Lauriano (SD), conhecido por Lão, propôs ao Plenário da Câmara de Bebedouro, o projeto de lei nº 9/2021, que torna obrigatória a presença de intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais), em todos os eventos oficiais da cidade, viabilizados pelo poder Público. O projeto foi aprovado por todos.

Adiado
A OAB comunicou aos examinandos do 32º Exame de Ordem Unificado que está suspensa a realização da prova objetiva, de 7 de março de 2021, sem data prevista para aplicação.
A decisão foi tomada com base em estudo da Fundação Getúlio Vargas pelo agravamento da pandemia, em todas os estados do Brasil.
A Diretoria ressalta, “no momento, a prioridade é garantir a segurança sanitária plena de todos os examinandos e profissionais envolvidos no Exame de Ordem e cumprir o compromisso constitucional de assegurar os preceitos fundamentais de direito à saúde e à vida”.

Chamada
Por aqui, a chamada é outra que não a da sala de aula. O criativo fotógrafo Kleber Domingos, em sua página de rede social, todos os dias às 20h, sempre com muita irreverência e bom humor, contrastando com o momento que vivemos, faz a chamada dirigida a seus amigos, que se pronunciam se já estão em casa, como manda a restrição de circulação imposta à cidade e ao estado de SP. Parabéns pela brincadeira séria Kleber. E todo mundo sorrindo, um a um, vai respondendo à sua chamada.

Publicado na edição 10.562 de 13 a 16 de março de 2021.