Procon fiscaliza denúncias de preços abusivos em produtos de higiene

Ações acontecem em parceria com departamento de Planejamento e unidade regional do Procon.

0
108
De olho - Procon Bebedouro e regional, em parceria com departamento de Planejamento, fiscalizam nove farmácias por denúncia de preços abusivos. (Divulgação)

O Procon Bebedouro, juntamente com o núcleo regional de São José do Rio Preto e o departamento municipal de Planejamento, realizaram na terça-feira (24), a fiscalização de nove estabelecimentos que comercializam produtos auxiliares no combate e prevenção do novo coronavírus (Covid-19), seguindo decreto municipal.

O diretor de Planejamento, Rogério Valverde, reuniu-se com as equipes do Procon e garantiu que a Prefeitura não permitirá que a população seja vítima de preços abusivos. “Essa operação terá continuidade por algum tempo, em parceria com o setor de fiscalização da Prefeitura. Em caso de comprovação de abuso, os empresários responderão administrativamente, serão multados e poderão responder criminalmente”, disse Valverde.

O coordenador regional da Fundação Procon, Alexandre Cavalheiro, informou que a ação teve como objetivo fiscalizar possíveis preços abusivos nos produto ofertados. Após análises de documentos, segundo o coordenador, será possível afirmar se houve ou não abuso por parte dos estabelecimentos.

A coordenadora da unidade de Bebedouro, Sueli Maia, esclarece que as ações estão de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, que proíbe o aumento dos preços sem justa causa. As denúncias podem ser realizadas anonimamente, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, pelos telefones (17) 3342 2229 e (17) 3345 3479, ou através dos portais virtuais do Procon Bebedouro.