Mais do que justo

0
481

Para o Corinthians, o resultado do bom clássico com o São Paulo, quando perdeu por 3×2, não foi nada mais do que justo, considerando que apesar do placar apontar-lhe dois gols, não conseguiu fazer nenhum (os dois tentos do alvinegro foram feitos contra, pelo zagueiro tricolor Antônio Carlos).
Foi um bom jogo, pegado, movimentado, como não se via há tempos entre os rivais, considerando que os últimos confrontos foram marcados por jogos mais burocráticos do que emocionantes. E o São Paulo, no geral, foi melhor, mereceu a vitória, e esse resultado, para os torcedores são paulinos, foi duplamente comemorado, considerando que além de sedimentar a classificação tricolor, também dificultou, e muito, a vida do Corinthians, que não depende apenas de seus esforços para conseguir a classificação para as quartas de final do Paulistão.
Não bastasse, o próximo jogo do Ituano, rival direto do Corinthians para avançar no torneio, será contra o próprio São Paulo, e conspirações na faltam indicando que o tricolor deve entregar o jogo para sepultar de vez qualquer pretensão alvinegra.
Contudo, particularmente, não acredito que, em campo, jogadores tenham esse tipo de conduta. Alguns atletas sim, é verdade, mas na maior parte das vezes, quando não há interesse econômico envolvido, todos procuram fazer seu melhor, e não raro ficam marcados negativamente em seus clubes, sob a alegação de terem ajudado rivais.
E o maior exemplo disso aconteceu com o atacante Grafite, ex São Paulo, quando marcou gols em uma vitória tricolor sobre o Juventus da Mooca, o que ajudou o Corinthians não ser rebaixado naquele ano. Depois disso, era constantemente hostilizado pela torcida, o que deve ter colaborado em sua decisão de deixar o país e ir jogar na Alemanha.
Mas voltando ao assunto, tenho que o São Paulo irá jogar para vencer o Ituano, independentemente de ajudar o Corinthians, afinal de contas a vitória é o objetivo do jogo, e do outro lado do campo, apesar da rivalidade entre clubes, existem jogadores e profissionais que trabalham e dependem de resultados para manterem seus empregos, suas carreiras, assim como todos trabalhadores normais.
Mas mesmo acreditando nisso, particularmente e como já dito neste espaço em outra oportunidade, não será nada fácil para o Corinthians conseguir a classificação para a próxima fase do campeonato paulista.
De outro lado, Palmeiras, Santos, Botafogo e Penapolense, alem do São Paulo, já se garantiram na próxima fase, e isso pode ser ainda pior para as equipes que buscam a classificação, pois os times já classificados, sob a alegação de que irão poupar jogadores, podem escalar reservas e não ir com força máxima para os derradeiros jogos. As duas últimas rodadas terão um sabor especial!!

Publicado na edição nº 9668, dos dias 11 e 12 de março de 2014.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAlô, Alô Marciano
Próximo artigoNova data