Terminal Rodoviário, um lugar a ser melhorado

0
211

Parceria entre Adebe e Sebrae poderia apoiar os comerciantes e promover a revitalização.

Quem já viajou por muitos cantos deste país, irá concordar que o Terminal Rodoviário de Bebedouro é um dos mais limpos. Nem dá para comparar com o Terminal de Ribeirão Preto, aonde à noite vira dormitório de usuários de drogas.
Porém, a exemplo do que aconteceu com o Mercado Novo, revitalizado com a instalação de um supermercado e lotérica, o Terminal Rodoviário precisa passar por reformulação, por ser a porta de entrada da cidade.
Como sugestão, poderia repetir-se no Terminal Rodoviário, a producente parceria entre Adebe e Sebrae, organizando e revitalizando a feira livre.
A primeira coisa a ser feita no Terminal Rodoviário seria uma pesquisa por demanda de ônibus. É preciso levantar quais os destinos mais procurados pelos bebedourenses. Muita gente é obrigada deslocar-se para Barretos ou Ribeirão para viajar para outros municípios de São Paulo e estados. Há como negociar para estas empresas passarem por Bebedouro.
A cidade é centro da microrregião e é preciso batalhar para que as linhas intermunicipais das cidades que a compõem passem por Bebedouro. Isto refletiria em mais dividendos para o comércio e para outros prestadores de serviço.
Outra sugestão, verificar o que consumir no Terminal. Banca de jornais e revistas só tem uma, mas bares e lanchonetes são muitos, porém, não há cafeteria, principalmente se for depois das 20h. Também precisa ser melhorado o aspecto das fachadas, algo que o Sebrae poderia muito bem sugerir, em termos de padronização e embelezamento.
É também preciso acatar uma antiga sugestão dos permissionários do Terminal, acabar com os pontos de parada clandestinos. Também seria bom uma escala de atendimento dos taxistas, porque nada irrita mais do que chegar de viagem e não encontrar um só no ponto.

Publicado na edição nº 9552 dos dias 28 e 29 de maio de 2013.