Vaga à vista!!

0
293

Do inferno ao céu, essa pode ser a frase atualmente utilizada no time do São Paulo. Antes ameaçado de rebaixamento, o Tricolor deu a volta por cima e, a continuar embalado como está, não será nenhuma surpresa se conseguir uma vaga para a disputa da Libertadores da América em 2014.
E essa vaga mostra-se perfeitamente possível, pois com o afunilamento da Copa do Brasil, o eventual campeão poderá abrir uma vaga a mais para o quinto colocado do Brasileirão. Explica-se: As semi-finais da Copa do Brasil será entre Flamengo x Goiás e Atlético-PR x Grêmio. Caso um dos dois times do sul vençam, e por estarem entre os quatro primeiros colocados na tabela do campeonato brasileiro, abrir-se-á uma vaga para o quinto colocado do Brasileirão.
E mais!! Caso o quinto colocado seja o Atlético-MG, então o sexto colocado poderá valer-se da vaga, pois o Galo, por ser o atual campeão, já está garantido na edição da Libertadores no ano que vem.
Ou seja, o São Paulo está com todos os ingredientes para conseguir essa vaga, pois começou a jogar no momento certo, e a sorte voltou a sorrir para os comandados de Muricy Ramalho que, na minha opinião, é o melhor técnico do Brasil na atualidade, disparado.
Além da possibilidade de ir para a Libertadores via campeonato brasileiro, o Tricolor também poderá participar do certame continental caso vença a Copa Sul-Americana, torneio no qual avançou para as quartas de final após uma heróica vitória em cima dos chilenos da Universidad Católica.
E do céu ao inferno. Essa frase, por sua vez, encaixa-se no Corinthians, que apesar dos dois títulos conquistados na temporada (Paulistão e Recopa), está em seu pior momento desde a eliminação para o Tolima, em 2011.
O estopim foi a eliminação da Copa do Brasil, para o Grêmio, nas penalidades, após uma cobrança, no mínimo, bizarra de Alexandre Pato, que praticamente recuou a bola para o gigante Dida, defensor assíduo de pênaltis e que já havia feito duas defesas.
A torcida está irada com Pato. Seu perfil não se encaixa no Corinthians, não é o jogador que a fiel gosta de ver jogar. Ele pode até ser diferenciado, habilidoso, mas o corinthiano prefere ver a raça do volante Ralf do que a técnica (ainda não mostrada) de Alexandre Pato.
E o atacante está sentindo na pele a besteira que fez ao ser tão displicente em sua cobrança de pênalti contra o Grêmio. No empate contra o Santos, no último domingo (27), Pato foi hostilizado, e o técnico Tite aprovou a reação da torcida, dizendo que o jogador “tem que sentir a carne queimar”.
Vamos ver se esse gelo trará algum resultado, é o que se espera!

Publicado na edição nº 9616, dos dias 29 e 30 de novembro de 2013.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDeputados versus candidatos
Próximo artigoAnote