Giro pelo mundo da bola

0
438

No último domingo, Botafogo e Vasco fizeram o clássico carioca da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013, em um dos melhores jogos do ano. Líder, o alvinegro venceu a partida por 3×2, com belos gols e um ritmo alucinante de jogo. Destaques para os veteranos Seedorf e Juninho Pernambucano, líderes e comandantes de seus respectivos clubes.
Craques, os dois desequilibram quando estão em campo, com precisos passes para gols e finalizações difíceis que invariavelmente terminam no fundo das redes. A presença deles no gramado faz muito diferença. Quando não jogam, os times perdem em velocidade de ataque e criação de jogadas.
A esses dois, atualmente, podemos incluir Alex, do Coritiba, para mim o melhor jogador do Brasil na atualidade. Depois de voltar da Turquia, após mais de oito temporadas, o craque e maestro paranaense vem fazendo o Coritiba jogar por música. De seus pés saem gols de faltas cobradas com perfeição, além de assistências para os gols que estão mantendo a equipe do Paraná entre as melhores da competição.
Alex veio embora para o Brasil por conta de um fato curioso. O treinador na época de sua saída, Aykut Kocaman, é um dos jogadores símbolos do Fernabahçe, e dono do maior número de gols pela equipe turca. Para não perder esse posto, já que Alex estava a poucos gols de igualar e ultrapassar sua marca, o treinador então começou a substituir o meia, e muitas vezes deixá-lo no banco, para que não marcasse gols e assim não superasse seu recorde. Essa picuinha custou a saída de Alex, que insatisfeito retornou ao Brasil, mesmo com manifestações em peso da torcida turca para sua permanência.
Outro jogador de meio de campo que vem fazendo a diferença quando joga é Renato Augusto, do Corinthians. Também no domingo, na vitória do Timão por 2×0 em cima do Criciúma, Renato marcou um golaço após dar um corte seco no zagueiro e chutar de fora da área, colocado, no ângulo esquerdo do gol catarinense, sem nenhuma chance para o goleiro. Com a vitória, o Corinthians ocupa a 7ª colocação, e vem subindo na tabela após uma série de empates.
Também no embalo das vitórias, a Internacional de Bebedouro está em primeiro lugar em seu grupo, restando ainda três jogos para o fim da fase de classificação. A vitória por 1×0 em cima do Araçatuba, no último domingo, coloca o time da cidade como o mais bem colocado, e praticamente assegura sua passagem para a fase final. A continuar assim, as chances do Lobo Vermelho subir para a séria A-3 em 2014 são grandes, e isso é o que esperamos.

Publicado na edição nº 9580, dos dias 6 e 7 de agosto de 2013.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTerra das gambiarras
Próximo artigoAnote